O Paraná abriu 31.079 mil empresas a mais em 2020, em comparação ao ano anterior, tendo como base os meses de janeiro a novembro. Conforme os dados gerados pela Junta Comercial do Paraná, em 2019, foram 184.202 empresas abertas nos meses citados, enquanto em 2020, o número chegou a 215.281 no mesmo período, um aumento de 17%.

Do total de aberturas deste ano, 165.073 são Microempreendedores Individuais (MEI’s). As baixas, por sua vez, foram 3% menores que em 2019. Entre janeiro e novembro 65.115 empresas fecharam este ano, contra 67.174 no ano passado.

O mês com mais abertura de empresas no Paraná foi janeiro, com 22.169 empresas, seguido do mês de setembro, com 22.079. O período de menor número de abertura foi abril, com 12.591, em seguida maio, com 15.886.

Segundo o presidente da Jucepar, Marcos Sebastião Rigoni de Mello, o alto número de desemprego levou muitos paranaenses a abrirem o negócio próprio. “A celeridade e agilidade da Junta Comercial do Paraná na abertura de empresas colaborou diretamente nessa busca de se tornar um empreendedor”, afirma.

Nas baixas, o mês mais crítico foi novembro, com 6.926 baixas, e o período com menos fechamentos foi abril, com 3.950. Na análise de Mello, mesmo com a pandemia e comércios sem atividade, o número de baixas foi menor que 2019 devido à redução da taxa de juros no mercado financeiro. “Assim as pessoas acreditam que se investirem seu dinheiro em algum negócio, terão a chance de ganhar mais, e também porque acreditam que o ano que vem será melhor para as empresas”, finaliza.